ssocial.hemose@fsph.se.gov.br / ouvidoria@fsph.se.gov.br +55 79 3259-3174 / 3225-8037

Dia Mundial do Doador de Sangue será celebrado com programação cultural e campanhas

Na próxima quinta-feira, 14 de junho é o Dia Mundial do Doador de Sangue. Para homenagear os voluntários o Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose), unidade da Fundação de Saúde Parreiras Horta (FSPH) que integra a Rede Estadual de Saúde realizará a partir das 8h, uma programação especial, com apresentação do coral Unimed, trio pé-de-serra, café nordestino e campanhas de doação com a participação de grupos fidelizados.

As atividades da data além de valorizar o gesto solidário de centenas de doadores frequentes ao serviço busca reforçar a importância do ato de doar sangue. “Essa é uma atitude responsável por salvar vidas diariamente, por isso que a data representa um momento especial. Aqui no Hemose organizamos uma programação para agradecer a parceria de todos os homens e mulheres que se dispõem a colaborar com os pacientes que utilizam a transfusão sanguínea como indicação terapêutica em seus tratamentos”, explica a gerente de Captação, Josceline Souza.

Conforme a gestora a celebração do Dia Mundial do Doador, também alerta para a necessidade da manutenção dos estoques de sangue nos períodos de festas, a exemplo do São João e São Pedro. “Essas festas fazem parte da tradição dos Estados do Nordeste. E por isso, as pessoas modificam sua rotina alimentar e de descanso, o que influencia diretamente na doação de sangue”, relatou a assistente social.

Durante as festas a mudança de hábitos interfere principalmente na questão do sono e consumo de bebidas. “Algumas das recomendações para doar sangue é fazer um repouso mínimo de 6 horas na noite anterior à doação, não ingerir bebidas alcoólicas nas 12 horas que antecedem a doação, evitar fumar pelo menos duas horas e evitar ingerir alimentos gordurosos”, detalhou a gerente de Captação de Doadores do Hemocentro de Sergipe.

Junho

As atividades programadas para o mês de junho visam à preparação para os estoques de sangue dos festejos juninos e o início, da Copa Mundial de Futebol 2018. Onde corre uma intensa movimentação nas rodovias estaduais e federais por contas das apresentações artísticas nos municípios, somado a isso tem os fogos de artifício. Esses fatores contribuem para ocorrência de acidentes automobilísticos e pessoas queimadas, o que pode demandar o aumento no serviço de transfusões sanguíneas na rede hospitalar do Estado.

Doação de sangue

Estão aptos a doar sangue candidatos em bom estado de saúde, idade entre 16 anos e 69 anos, peso acima de 50 quilos. Menor de 18 anos somente com termo de autorização dos pais ou responsável legal. É necessário portar documento de identidade original, com foto, válido em todo território nacional. Mais detalhes sobre o serviço de doação, palestras e hemotur, através dos telefones: (79) 3225-8000, 3225-8039 e 3259-3174.

Rosangela Cruz Lima

Your Turn To Talk

Deixar uma resposta:

Seu e-mail não será públicado.