ssocial.hemose@fsph.se.gov.br +55 79 3259-3174

Visita técnica verifica espaço para realizar cadastro de medula óssea em centro de compras

Objetivando a ampliação do número de voluntários inscritos no cadastro de medula óssea, nesta quinta-feira, 26, a equipe de profissionais das gerências de Captação e Coleta, do Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose), realizou uma visita técnica no Shopping Jardins. A atividade visa à divulgação do serviço para o acesso da população, ao Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome).

“Aproveitamos a visita para discutir a logística para o deslocamento do serviço que será ofertado em um posto disponibilizado pela administração do shopping”, disse a gerente de Captação, Josceline Souza. “Por se tratar de um serviço de saúde precisamos avaliar se o espaço dispõe das condições técnicas sanitárias para acomodar os profissionais que realizam a coleta das amostras de sangue e o público que decidir aderir ao cadastro”, justificou a gerente de Coleta, Florita Aquino.

A parceria entre o Hemocentro de Sergipe e o Shopping Jardins para realizar a campanha do Redome está prevista para acontecer na primeira quinzena do mês de agosto. “Essa é uma ação de compromisso e responsabilidade social para promoção do cadastro de medula óssea e posteriormente a doação de sangue. Essa atitude solidária chega para colaborar com a missão de atender aos pacientes, que precisam do transplante de medula óssea e da transfusão sanguínea na rede hospitalar”, destacou Souza.

Conforme a analista de marketing do shopping, Taina Ramos, a proposta da campanha é contribuir na divulgação do cadastro e proporcionar ao público o contato direto com o Hemose. Ela informou que anualmente o centro de compras, realiza o ‘Conexão Comunidade’, que tem como finalidade ofertar serviços para população de forma geral, nas áreas da saúde, educação, segurança alimentar, dentre outros. “Esse trabalho faz parte da responsabilidade social do shopping”, salientou.

Para fazer o cadastro de medula óssea, é preciso ter entre 18 a 55 anos, estar bem de saúde e não possuir diagnóstico de doenças infecciosas. No ato do cadastro o candidato deve apresentar um documento oficial com foto, válido em todo território nacional e preenche um formulário com seus dados pessoais. Na etapa seguinte é coletado uma amostra com 5 ml de sangue. Esse material é encaminhado para o exame de Histocompatibilidade (HLA), os testes analisam as características genéticas para verificar a compatibilidade entre o doador e o receptor, que receberá o transplante da medula óssea.

 

Serviço

As pessoas interessadas também poderão aderir ao cadastro de medula óssea no Hemose, localizado na Avenida Variante 1, S/N, Bairro Capucho, Centro Administrativo Governador Augusto Franco, vizinho ao Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) de segunda à sexta-feira, das 7h30 às 16h. Mais informações, através dos telefones: (79) 3225-8000, 3225-8039 e 3259-3174.

fsphadm

Your Turn To Talk

Deixar uma resposta:

Seu e-mail não será públicado.