ssocial.hemose@fsph.se.gov.br / ouvidoria@fsph.se.gov.br +55 79 3259-3174 / 3225-8037

Hemose: Para doar sangue o organismo precisa está bem hidratado

Nos meses de calor intenso, com sensação térmica elevada, acima de 30 °C é importante adotar alguns cuidados para evitar desidratação. De acordo com o enfermeiro Reinaldo Melo, responsável técnico pelo serviço de Coleta do Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose), nesses períodos de alta temperatura o recomendável é ingerir de dois a três litros de água ao dia, especialmente, no dia da doação de sangue.

“Está bem de saúde é um dos critérios para realizar o ato de doar sangue. Por isso, que o voluntário deve ficar atento para o seu estado de hidratação, aumentando o consumo de água e sucos de frutas naturais”, disse o profissional ao informar que o triador clínico do Hemose é treinado para avaliar as condições de saúde do voluntário apto à doação.

O enfermeiro cita que devido à falta de hidratação no organismo, o sangue sofre um aumento da viscosidade, o que torna a veia mais difícil de procurar, ocasionando um desconforto no momento da punção para coleta da bolsa de sangue. “Em uma situação normal, o acesso da veia é rápido, sendo assim a coleta do sangue dura em média de cinco a oito minutos, do contrário, essa coleta pode ultrapassar dez minutos”, explica Melo.

Os cuidados de saúde orientados pelo Ministério da Saúde (MS), através de legislação específica, visa garantir a segurança do doador e do receptor. “Todas as recomendações é para o bem estar do doador e para que ao final do processo, ele não venha sofrer com tontura ou uma vertigem”, salienta ao detalhar. “As oscilações da pressão arterial e da frequência cardíaca podem ser evitadas se o voluntário estiver bem hidratado e alimentado. Por isso, após a doação é oferecido um lanche para ajudar o organismo a repor o líquido doado”, alerta o profissional.

Doação de sangue

Estão aptos a doar sangue candidatos em bom estado de saúde, idade entre 16 anos completos e 69 anos, peso acima de 50 quilos. Menor de 18 anos somente com termo de autorização dos pais ou responsável legal. É necessário portar documento de identidade original, com foto, válido em todo território nacional. Mais informações sobre o serviço através dos telefones: (79) 3225-8000, 3225-8039 e 3259-3174.

fsphadm