ssocial.hemose@fsph.se.gov.br / ouvidoria@fsph.se.gov.br +55 79 3259-3174 / 3225-8037

Projeto Doador do Futuro leva informação para alunos do Intellectus Sistema Educacional

Nesta terça-feira, 9, a equipe da gerência de Captação de Doadores, do Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose) realizou uma palestra sobre o serviço de doação de sangue para alunos dos ensinos Fundamental e Médio, no Intellectus Sistema Educacional, em Aracaju. A atividade integra as ações do projeto ‘Doador do Futuro’ destinado à promoção da conscientização de cidadãos conscientes de seu papel social.

No auditório do estabelecimento de ensino, alunos do, 6º, 7º, 8º e 9º anos, professores e alguns pais, assistiram a palestra com esclarecimentos sobre a doação de sangue e um vídeo motivacional, onde crianças que precisam de sangue em seus tratamentos, agradeciam aos doadores com mensagens.

A assistente social Adineuza Cardoso, ministrou a palestra com explicações sobre os critérios necessários para doar sangue. Ela ressaltou que para o público de 16 e 17 anos de idade doar é necessário apresentar o termo de autorização, fornecido pelo Hemose e, disponível, no site: www.hemose.se.gov.br. O documento deve ser assinado pelos pais ou responsável legal. “Enquanto não atingir a maioridade  vocês podem levar essas informações para seus familiares e amigos. Essa é uma forma de atuar como multiplicador da doção”, salientou

O diretor do Intellectus, Carlos Alberto Travessos agradeceu a oportunidade de receber a palestra na escola. “Eu costumo dizer que aqui os nossos alunos vem para aprender, mas também trabalhamos com eles a construção de valores como, solidariedade, educação, respeito que servirão para toda a vida. A doação de sangue é vida, e por isso, devemos servir ao próximo, como a nós mesmos”, declarou.

Durante a ação, o professor Carlos Neto, aproveitou para estimular a doação de sangue e o cadastro de medula óssea. “Eu sou doador regular, pelo menos de duas a três vezes vou ao Hemose. Acho importante esse apoio, porque a maioria das pessoas ajuda quando a necessidade vem de um parente”, disse ao contar a experiência de um familiar com leucemia. “Na época todo mundo se uniu para doar sangue e fazer o cadastro. Mas, no caso dele, a cura veio através de medicamentos e da quimioterapia”, lembrou.

Solange Maria participou da palestra a convite da neta que estuda no Intellectu. Ela também demonstrou interesse ao fazer vários questionamentos. “Tudo que ouvimos aqui é importante, para que eles entendam o que é a doação de sangue. Para nos, os adultos é uma oportunidade de buscar mais informações sobre o uso de medicações e outras situações que acabam interferindo na doação”, comentou.

Projeto

Todas as ações do projeto Doador do Futuro têm como finalidade estimular a doação e apresentar para os diferentes públicos, como é feito o processo de produção do sangue e seus hemocomponentes – hemácias, plaqueta e plasma. O trabalho inicia com a captação do doador até a dispensação das bolsas de sangue para atender a demanda transfusional dos hospitais da rede pública e privada. Mais detalhes sobre o serviço de doação, palestras e hemotur, através dos telefones: (79) 3225-8000, 3225-8039 e 3259-3174.

fsphadm