ssocial.hemose@fsph.se.gov.br / ouvidoria.fsph@fsph.se.gov.br +55 79 3225-8037 / 3234-6010

Reunião da Hemorrede alinha calendário de atividades do serviço de hemoterapia para 2019

O cronograma relativo ao monitoramento do procedimento transfusional nas unidades hospitalares e os treinamentos para profissionais que atuam nos serviços de saúde, público e privado. Esses foram os temas discutidos durante uma reunião nesta terça-feira, 5, com a equipe técnica, da gerência da Hemorrede do Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose) para formatar o planejamento das atividades do serviço de hemoterapia desenvolvidas em 2019.

A gerente da Hemorrede, Mariamália Newton Andrade, explicou que o Hemocentro de Sergipe é responsável pela supervisão do serviço de hemoterapia realizado nos hospitais no Estado, através das Agências Transfusionais (Ats). “Essas agências realizam o armazenamento de componentes do sangue, hemácias, plaquetas e plasma. Antes da transfusão sanguínea são realizados testes de ABO, compatibilidade entre doador e receptor, preparação e liberação da bolsa de sangue”, detalhou.

De acordo com a médica as ações definidas no plano de atividade de 2019, visam à melhoria da assistência ao receptor de sangue. “Esses cronogramas com as visitas, reuniões e capacitações tem como objetivo realizar uma avaliação da qualidade dos serviços de hemoterapia nos hospitais, também verificamos se os mesmos,  estão em conformidade com a legislação hemoterápica”, ressaltou ao relatar. “Os profissionais da Hemorrede realizam um levantamento de todas as demandas relativas à aplicação do sangue”, pontuou.

Já em relação aos treinamentos Mariamália informou que a proposta de trabalho da Hemorrede é verificar as necessidades do hospital para auxiliar as equipes técnicas e o corpo clinico, nas questões que envolvem a transfusão. “A equipe de enfermagem está próxima do ato transfusional. Eles aplicam a bolsa com o hemocomponente prescrito pelo médico, e, por isso, deve está atento para intervir em qualquer situação adversa como uma reação, para fazer o registro no prontuário do paciente”, concluiu a médica.

Serviço

A Hemorrede trabalha vinculada ao Hemose, hemocentro coordenador e atua na efetivação do Plano Estadual de Sangue no Estado.  Dentre as suas atribuições está à coordenação de atividades para promoção a educação continuada dos profissionais que trabalham com o processo de utilização do sangue na rede de saúde.

 

fsphadm