ssocial.hemose@fsph.se.gov.br / ouvidoria@fsph.se.gov.br +55 79 3259-3174 / 3225-8037

HEMOSE

28 de setembro de 2018

  A realização da transfusão sanguínea tem como foco a segurança do paciente. Nesse sentido, o Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose) por meio da Gerência da Hemorrede realiza inspeções regulares as Agências Transfusionais (At’s), para verificar o cumprimento de normas técnicas relativas ao serviço de hemoterapia, orientados pelo Ministério da Saúde (MS) e Agência

26 de setembro de 2018

O Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose) realizou 477 cadastros de medula óssea durante a terceira edição do projeto Unit +Vida, na Universidade Tiradentes, campus Farolândia em Aracaju, na terça-feira, 25. A campanha visa divulgar o serviço para ampliar o público inscrito ao Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome). A ação realizada no

25 de setembro de 2018

A transfusão de plaquetas é bastante solicitada para conter sangramentos de pacientes em tratamentos oncológicos, leucemia e anemia aplástica. O Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose) realiza o processamento do hemocomponente através da bolsa de sangue total e da doação por Aférese, método em que é possível coletar até 600 ml, somente de plaquetas. “O

25 de setembro de 2018

Uma ação solidária com a participação de acadêmicos dos cursos de administração, ciências contábeis, enfermagem e psicologia, colaborou com o serviço de doação de sangue no Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose), nesta quinta-feira, 20. “Essa mobilização faz parte do projeto Amigo Oculto”, informou a professora Zenia Oliveira Nascimento da Faculdade Estácio. Ela explicou ainda

19 de setembro de 2018

Com o intuito de conscientizar o público sobre a importância do cadastro de medula óssea o Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose) participou da Feira do Livro, na Faculdade Pio Décimo e do Canal Cidadão realizado no município de Riachuelo. As duas ações registraram 70 inscrições, destinadas ao Registro Nacional do Doador de Medula Óssea

13 de setembro de 2018

“O entendimento sobre a importância da doação de sangue estimula a fidelização ao serviço”. A  declaração feita pela enfermeira, Florita Aquino, gerente de Coleta do Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose) demonstra que a partir dessa conscientização, os voluntários passam a colaborar com o serviço regularmente, num período de três em três meses.   De

13 de setembro de 2018

Um treinamento com a participação de profissionais dos laboratórios de Imunohematologia do Doador e Receptor, do Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose) explicou os mecanismos para operacionalização do IH-500 Biorad, equipamento onde serão realizadas as rotinas para testes de tipagem sanguínea, pesquisa de anticorpo irregular, pesquisa D fraco e fenotipagem Rh, no sangue coletado na

13 de setembro de 2018

A campanha para estimular a adesão de novos candidatos a doador de medula óssea na Faculdade Pio Décimo, campus Jabotiana em Aracaju, finalizou com 197 cadastros. Coordenada pelo Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose) a iniciativa recebeu a adesão de estudantes, professores e profissionais da administração da unidade de ensino.   Num gesto de solidariedade